6.11.08

...................Será que a gente poderia se encontrar de novo?
Será que a gente poderia, ao menos, se encontrar e se encontrar
e se encontrar de novo
?


Será que você poderia alimentar essa possibilidade,
..........já que não pode alimentar esse amor?

3 comentários:

Edna Federico disse...

Que recado curto mas tão cheio de vontade!
Beijo

Djalma disse...

Tenho refletido muito ultimamente sobre a real natureza do amor. Da diferença entre o amor entre homem e mulher do puro, desinteressado e fraterno amor. A diferença entre o amor possessivo e impulsionado pelo desejo daquele que sentimos ao ver uma criança abandonada na rua ou quando sofremos pela dor de quem nem conhecemos. Tristemente, vejo que nos afastamos cada vez mais do puro amor. Cada dia mais. E, a cada instante, o amor significa menos e menos. Que significa, no coração de quem fala, a expressão "te amo"? Seu texto me conduz a esta reflexão: o "se encontrar de novo" não soa como um encontro de fim-de-semana, mas antes se reencontrarem do ponto onde se perderam, onde o amor, o fio condutor, se perdeu entre tantas distrações que a vida oferece. Beijo fraterno.

P. Matheus disse...

Será que alimentar essa possibilidade não é pouco demais!!!!alimente o amor!