26.8.07

Expectativa


O meu amor é infame.
Que me dane.
Estendo-me neste tatame
de concreto
cinza

e espero
até que meu coração se inflame.
Quero sentir um derrame
de cinzas.
Espero.

7 comentários:

Girassol disse...

O amor é a cura e a doença, que sempre acompanhará a nossa vida. É vício e desintoxicação. É pureza e safadeza... e nós, loucos e santos, em busca do derrame perfeito que nos inflame o coração...

Beijo.

Jana disse...

Moça,

agora que tive tempo de retribuir sua visita.

gente, que blog lindo esse teu. Adoro o Andy Warhol. Adoro Lou Reed. Amo a Banana que Andy Warhol fez pro Lou Reed.

Sabe quando você não sabe pra onde olhar e o que ler primeiro pq seu coração fica um ENXAME de abelhas?

Pois é, teu blog.

Beijos, fica bem

HERCÍLIA FERNANDES disse...

Resumidamente LINDO!

Abraço, HF.

Fernanda Passos disse...

Quem ama sempre espera de forma infame. Lindo Gina.

Otávio B. disse...

o amor só nos maltrata, mas ele é como uma pedra de crack...Uma vez que vc use, nunca mais quer parar de usar, e faz loucuras inimagináveis por ele...

definitivamente, esse é o nosso ciclo mesmo.

Beijos, and...

Muito obrigado, vamos almoçar

Adroaldo Bauer disse...

direto de marrakesh, de banda pelo nepal, dum tempo em que craque era só bom de bola e pico ficava embaixo, dou de cara com andy, "contemporrâneo" meu em blog teu.
Alguma coisa está fora da órbita, nessa ordem nova mundana.
Falando nisso, já fostes ao overmundo.com.br ?
Te aguardo por lá. Parece feito pra tu.
Ainda se beija nesse canal?
Pra ti, também.
Té!

Otávio B. disse...

Estou passando pra dizer que lá no espada do templário eu deixei um convite pra vc... Dá uma olhadinha ;)

beijos, and...

Muito obrigado, vamos almoçar