12.8.07

De onde vem a minha inspiração?

Estava eu na praia, como sempre escrevendo versos e desenhando, quando de supetão perguntaram-me de onde vem minha inspiração.
Hesitei para responder.
Hesitei não porque não sabia a resposta. Hesitei porque a resposta poderia demorar horas e eu poderia perder meu interessado ouvinte.
Como responder de onde provém minha inspiração?
Minha inspiração provém da beleza sutil invisível aos olhos mais ou menos atentos.
Minha inspiração provém da felicidade que transpiram as pessoas ao meu redor. Eu sinto isso. Eu sinto essa felicidade que pode até não ser minha, mas se torna. Minha inspiração é tão grande que se caracterizou imensurável e mais ainda: inextinguível. Minha inspiração é tamanha que às vezes penso psicografar versos. Porque é como se eu escutasse o que devo escrever. Talvez seja eu mesma. Sou eu mesma.
Mas eu me sinto feliz.
Eu sou feliz por ser assim.
FELIZ.
E como explicar isso?

2 comentários:

Perdição disse...

A inspiração é como o peixe..Não apenas temos que pega-la....fisga-la.......
adorei essa frase!
"Minha inspiração provém da beleza sutil invisível aos olhos mais ou menos atentos"

Edna Federico disse...

Ah, não dá pra explicar, né?
A inspiração vêm e pronto e muitas vezes pode ser de uma coisa tão banal...